Jurimetria e sociedade da informação: do custo da reclamação nas relações de consumo Jurimetria e sociedade da informação: do custo da reclamação nas relações de consumo

Texto publicado na Revista de Direito do Consumidor 2016. RDC VOL. 103 (Janeiro-Fevereiro 2016)

 

Autores:

Fábio Lopes Soares

PhD – Business Administration pela Florida Christian University (EUA), MSc – Mestre em Direito da Sociedade da Informação (FMU), MBA – Gestão Estratégica e Econômica de Negócios (FGV). Especialista em Negociações Econômicas Internacionais (UNESP/UNICAMP). Professor da FGV. Advogado.

Roberto Senise Lisboa

Livre-Docente em Direito Civil pela USP. Professor de Direito Internacional da PUCSP. Professor Emérito de Direito Civil das FMU e do Curso de Mestrado em Direito da Sociedade da Informação das FMU. Promotor de Justiça do Consumidor em São Paulo.

Em razão das mudanças econômicas e culturais do Brasil, as relações de consumo passaram a exercer um papel importante na manutenção da ordem econômica. A análise do impacto do poder de escolha e de manifestação de vontade do consumidor brasileiro começou a fazer parte dos sistemas de governança das empresas, sobretudo no que diz respeito às reclamações em canais de atendimento que afetam os ativos intangíveis das organizações. Este artigo busca oferecer compreensão da jurimetria aplicada ao custo da reclamação e da não reclamação como meio de manutenção da harmonia das relações de consumo, em uma sociedade da informação.

 

Leia o artigo na íntegra http://www.bureausapientia.com.br/artigos/RT-Jurimetria-Sociedade-da-Informacao.PDF